Como Abrir Uma Empresa - Guia Definitivo 2021

Se você está buscando abrir uma empresa e ainda tem dúvidas sobre custos, documentos e outros assuntos relacionados a este assunto, essa matéria é para você!


Ah, e lembre-se: se ficar com alguma dúvida ainda, basta clicar aqui.


Quais os documentos necessários e informações para abrir uma empresa?


- Documentos pessoais dos sócios (RG ou CNH);

- Endereço residencial completo;

- Qualificação dos sócios;

- E-mail e telefone para ficar no CNPJ;

- Cópia da capa e contracapa do carnê de IPTU comercial;

- 3 opções para razão social por ordem de preferência;

- Nome fantasia;

- Valor do capital social e participação de cada sócio;

- Definição das atividades.


1. O Primeiro Passo


É claro que antes de qualquer coisa você precisa ter uma ideia em mente, seja vender um produto ou prestar algum tipo de serviço.


Mas de fato o primeiro passo que você deve dar é fazer o plano de negócios.


É nele onde você vai ter uma melhor noção sobre clientes, fornecedores, concorrentes, custos, etc. Se tiver interesse, pode ver um passo a passo de como elaborar um plano de negócios clicando aqui.


2. Escolhendo o Porte da Empresa


Vamos falar aqui dos mais comuns: MEI, ME e EPP


MEI


O Microempreendedor Individual – MEI, foi criado pelo Governo Federal para que os trabalhadores autônomos e informais tivessem a oportunidade de se regularizar, tendo com isso um CNPJ e contribuição para o INSS.

Nessa opção, tudo é mais simplificado. Desde ao pagamento de uma contribuição fixa mensal (+/- R$ 60,00) e a dispensa de emissão de notas fiscais para pessoa física.

Agora você deve estar pensando que essa é a melhor opção para você, não é mesmo?! Aí que os requisitos para poder ser MEI.

1 – Faturamento anual de R$ 81.000,00;

2 – Contratação de apenas um funcionário;

3 – Não pode ter sócio;

4 – Não são todas atividades que podem ser MEI.


Se você quiser, pode conferir a lista de atividades permitidas clicando aqui, mas já destaco que profissões regulamentas não estão incluídas.


ME


As chamadas Microempresas – ME contemplam quase todas as atividades e não limitação quanto a quantidade de sócios e/ou funcionários. Aqui você pode faturar até R$ 360 mil por ano e pode optar pelo regime simplificado de apuração dos impostos chamado Simples Nacional.


EPP


Se sua atividade vai faturar acima de R$ 360 mil por ano, então você precisa de uma Empresa de Pequeno Porte. Aqui o faturamento permitido é de até R$ 4,8 milhões por ano.


3. Definir a Natureza Jurídica


Mas o que é natureza jurídica?


Nada mais é que a forma de constituição da empresa e vai depender da quantidade de sócios para definição.


Entre as opções mais utilizadas, nós temos a Sociedade Limitada Unipessoal – SLU e a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada - EIRELI se a empresa for apenas em seu nome e a Sociedade Limitada – LTDA se você tiver sócios.


O que diferencia uma da outra é a segurança jurídica que você tem em caso de dívidas da empresa e se você busca proteção de seus bens pessoais. A grande questão é que para constituição de uma EIRELI (mais segura), você precisa integralizar um capital social mínimo de 100 salários, ou seja, abrir a empresa com R$ 110 mil e prestar contas à Receita Federal da origem deste recurso.


Dito isto, quando a empresa é apenas em nome de uma pessoa, a opção mais utilizada acaba sendo a SLU, onde não tem capital social mínimo exigido.


4. Escolher o Regime Tributário


As informações aqui servem para você ter uma base sobre o tema, sendo imprescindível que você conte com uma contabilidade especializada para lhe auxiliar nessa escolha.


Aqui entre nós. Não queremos que você pague impostos a mais ao Governo do que realmente é devido, então conste conosco para lhe auxiliar clicando aqui.


O regime tributário envolve o quanto você vai pagar de impostos, declarações acessórias e burocracia a ser enfrentada.


Quando uma empresa está começando, se ela não puder ser MEI (que paga mensalidade em torno de R$ 60,00), a opção mais vantajosa geralmente é o Simples Nacional.


Claro que tem alguns requisitos para se enquadrar nesta opção e recolher impostos a uma alíquota menor.


O Lucro Presumido pode ser uma opção vantajosa dependendo da atividade a ser desenvolvida e também pode ser obrigatório em alguns casos.


Já no Lucro Real, as obrigações acessórias são bem complexas e é necessário um nível de detalhe bem minucioso, isso para evitar problemas futuros com o Fisco.


5. Quanto custa para abrir uma empresa?


Talvez não fosse essa resposta que você estava procurando, mas depende.

Cada Município tem taxas diferente de alvará e quanto mais atividades você vai desempenhar, mais caro fica o custo para legalização.


Além do valor das taxas de alvarás, cada sócio vai precisar fazer o certificado digital pessoa física, que tem um custo médio de R$ 120,00 cada.


Também é necessário contratar um escritório de contabilidade especializado para executar este serviço.


Nós da Contazie Contabilidade somos especialistas na constituição de empresas. Veja o que faremos por você nesta lista resumida:


- Viabilidade Junta Comercial, Secretaria Estadual e Municipal;

- Documento Básico de Entrada CNPJ;

- Requerimento Eletrônico;

- Elaboração do Documento de Constituição – Contrato Social;

- Alvará Bombeiros;

- Alvará Prefeitura;

- Alvará Sanitário;

- Inscrição Estadual;

- Solicitação pelo Regime Tributário.


Converse conosco clicando aqui sem compromisso.


6. Quanto tempo leva para abrir minha empresa?


Tendo as informações/documentos em mãos, para obter seu CNPJ leva em torno de 5 dias em média. O que costuma levar mais tempo é o processo de concessão dos alvarás, podendo demorar de 30 a 60 dias em média.


whatsapp-2288548_1920.png